Pages

17 de jan de 2010

Um misterioso olhar
Surge aos cantos
Com um poder
De o tempo parar
A tentação e o desejo
Envolvem-se
E se perdem
Perturba-se
Em suaves duvidas
Aproxima-se na direção
Podendo-se escutar
Movimentos ao chão
Nada se pode fazer
Na tentação
Não se pode recuar
Sem pensar
Entrando de cabeça
Para em seus olhos mergulhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário