Pages

16 de mai de 2013

Adeus

História
Aquelas de tirar o fôlego
Lágrimas
Beijos
Abraços
Esperas
Despedidas

Sentimentos se guerreando
Tão forte a cada dia
Insônias
Pesadelos
Lágrimas
Abraços
Esperas
Esperanças

Tão intenso
Momentos e oportunidades
Tão injusto
Ao vento

Nada calava-se a expressão
Concretizada no coração
Leal tanto quanto a razão
Assim se pensava

Dane-se
Ninguém se importa
O ego te consome

Aos meus olhos fez juras
Havia-se uma porta
Com uma luz
Através dessa pupila
Que tu tanto admira

O tempo
A paciência
O fim conciso
Lágrimas
Beijos
Abraços
Juras
E um Adeus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário